Este ano marca os 20 anos desde que eu comecei a mexer com CAD! Em homenagem a isso, pensei em compartilhar 20 coisas que aprendi trabalhando no mundo CAD.

#1 Novo no CAD? - NÃO ENTRE EM PÂNICO!

Quando você abre um pacote de software CAD pela primeira vez, é provável que se sinta impotente. O que é isto? Como funciona? Por que isso não está acontecendo do jeito que eu queria? Embora possa parecer impossível no início, desacelere e dê a si um tempo. Você vai chegar lá no final.

#2 Iniciantes devem sempre começar pelo mais simples

Falei com muitos novos usuários que dizem “Quero fazer minha própria casa em CAD” ou “Vou criar um videogame”. Embora seja uma grande meta, meu conselho é: comece pequeno e pelo mais simples: uma mesa, um desenho 2D de sua casa, um tijolo de Lego ... Depois de aprender o básico, você será capaz de fazer algo bem mais elaborado.

#3 Provavelmente existe uma maneira mais rápida de fazer algo

A primeira coisa que fiz em CAD foi uma esfera (sim, comecei em 3D). Eu fiz isso desenhando uma caixa, desenhando 3 círculos nas faces superior, frontal e lateral, e extrudando os limites externos. Essa NÃO é definitivamente a maneira mais rápida de fazer isso, mas fiquei encantada com o resultado. Então, passei as semanas seguintes descobrindo o máximo possível de maneiras de criar uma esfera, sem realmente fazer meu projeto de CAD da escola.

O que me leva bem ao meu próximo ponto:

#4 Fazer algo diferente não significa que você está “fazendo errado”

Existem muitos usuários de CAD que irão (às vezes agressivamente) instruir você sobre o fluxo de trabalho “correto” para algo, e não ouvirão nem rima nem raciocínio quando você explicar pacientemente por que isso não é adequado para você.

Meu conselho? Tenha postura aberta. Ouça o que esses têm a dizer, experimente, se não funcionar para você, não se preocupe sobre isso. Pois sempre há mais de uma maneira de fazer algo em CAD.

#5 Não pague para aprender

Existem tantos e tantos recursos online gratuitos disponíveis: Tutoriais de desenho 2D, Conteúdos no YouTube, Blogs de CAD, Fóruns de CAD, e claro, Help Center - Centros de ajuda - em Português. Não gaste seu dinheiro quando você está apenas começando. Depois de aprender o básico, você já poderá arrumar um trabalho em CAD. Se precisar de um treinamento mais direcionado, seu empregador provavelmente vai cobrir os custos, ou parte destes.

#6 Caneta e Papel

Mesmo depois de 20 anos de CAD, eu ainda pego regularmente uma caneta e um papel para esboçar rapidamente as primeiras ideias. Especialmente para projetos mais complexos. É rápido e eficiente e pode ajudar você a organizar a forma em sua mente, antes de começar a trabalhar no CAD.

Embora haja alguns puritanos do CAD que discordarão de mim, ainda não vou jogar fora todos os meus lápis.

#7 Não tenha medo de trocar de software

Muitas pessoas parecem nervosas em alternar entre diferentes produtos CAD. Nos últimos 20 anos, trabalhei com Rhino®, AutoCAD®, Adobe® Illustrator, IsoDraw®, Blender™, Unity, Unreal, CATiA, alguns outros que nem consigo lembrar o nome e, claro, BricsCAD! A única coisa a lembrar; eles são essencialmente todos iguais: espaço de desenho, a linha de Comando, barras de ferramentas, alças ... Não é diferente de alternar entre Google Docs, Microsoft® Word e TextEdit.

#8 Use 2D e 3D

Estou constantemente surpreso com o número de usuários de CAD que praticamente ficam carecas com a sugestão de usar 3D, mas estou aqui para dizer que modelagem em 3D veio para ficar. Como diz o velho ditado: se você não pode vencê-los; Junte-se a eles. E, vamos enfrentá-lo, 3D é realmente uma boa diversão!

Dito isso, também acredito que o desenho em 2D não vai desaparecer tão cedo, então não o deixe de lado. Tudo faz sentido em usar. Cada efeito a seu tempo.

#9 É provável que ninguém realmente entenda o que você faz para viver

Até minha família está um pouco confusa quanto à descrição exata do meu trabalho. Quando digo às pessoas que trabalho com CAD, elas parecem pensar que sou um programador de computador ou um engenheiro. Na verdade, não sou nenhum dos dois. Eles não percebem quão variado o mundo do CAD realmente é: arquitetos, engenheiros, designers de jogos, especialistas em publicações técnicas, designers de palco, empresas de andaimes, trens, aviões e automóveis todos usam CAD!

#10 Até os recrutadores ficarão confusos com o CAD

Se você trabalha com CAD, provavelmente receberá algumas mensagens de agentes de recrutamento que provavelmente não entendem a diferença entre um ilustrador técnico, um designer UX e um engenheiro elétrico.

Quando isso acontecer, leia a descrição do trabalho que eles enviam para você e esteja preparado para dizer a eles que você não é adequado para o trabalho. Mas faça sempre de forma educada, e agradeça o interesse deles, você nunca sabe quando seus caminhos vão se cruzar novamente.

#11 Salvar salvar salvar salvar!

Não importa o quão estável seja sua plataforma CAD, há muito espaço para erros humanos. Então você deve sempre salvar seu trabalho regularmente. Quem sabe quando o gato vai começar a pular no seu teclado ou você vai fazer algo realmente estúpido, como copiar acidentalmente uma entidade 1 bilhão de vezes! Vamos ser honestos, todos nós já passamos por isso.

Isso também vale para salvar cópias de um projeto em diferentes estágios. Antes de cada “ponto sem volta” eu sempre (bem, eu tento de qualquer maneira) faço uma cópia de backup para que possa consultá-la mais adiante, se precisar.

Além disso, as cópias de backup podem ser muito úteis para lembrar como você criou uma entidade ou demonstrar seu progresso para seu chefe.

#12 Desligue o CAD e vá embora

Aprender quando se afastar de um desenho é uma habilidade em si própria.

Embora todo “especialista” em CAD goste de fingir que sabe tudo o que há para saber sobre CAD, tenha sempre o fluxo de trabalho mais rápido e faça tudo corretamente na primeira vez, na realidade, isso simplesmente não é o caso.

Às vezes, quando trabalho em um desenho CAD particularmente complicado, eu até me confundo. A melhor coisa a fazer nessas situações é salvar esse desenho e ir trabalhar em outra coisa. Talvez até durma sobre isso. Quando você voltar a ele, é provável que tenha encontrado uma solução para o problema. O que me leva ao meu próximo ponto:

#13 Sonhar com CAD

Não sei quanto a você, mas desde que comecei a trabalhar com CAD o dia todo, todos os dias, tenho sonhado com polilinhas. Não o tempo todo, mas eu freqüentemente acordo fazendo sólidos booleanos, ou tentando resolver a linha do motor de um carro em vista isométrica.

Por favor, diga que não sou só eu!

#14 Sonhar acordado com CAD

Além disso, às vezes você provavelmente também vai sonhar acordado com CAD; vai descobrir como você recriaria a curva de algo ou se seria mais rápido criar uma matriz e editar esta matriz, ou simplesmente copiá-lo. Então você percebe que alguém lhe fez uma pergunta na reunião e você não estava ouvindo. Ops!

#15 A fada da ponta de feltro

Eu me acostumei com os rótulos 'Felt Tip Fairy' e 'CAD Monkey' muito rapidamente, e até aprendi a adotá-los, mas alguns técnicos de CAD ficam um pouco irritados com este.

Um dia, até eu enchi o saco! Então, me ofereci para trocar de emprego com o redator técnico do dia, para ver quem durava mais. O redator técnico recusou minha gentil oferta, e eu nunca mais ouvi falar dele novamente.

#16 É um mundo de homens

Este é um fato. Há mais homens que mulheres trabalhando com CAD. Embora às vezes isso tenha me tornado uma novidade, nunca foi um problema específico para mim. Tive alguns colegas excelentes, tanto homens quanto mulheres, e alguns colegas ruins, também homens e mulheres.

#17 Respeite os mais velhos

Tive a sorte de trabalhar com alguns desenhistas de CAD mais antigos e realmente experientes. Eles começaram quando ainda era tinta na prancheta e viram o surgimento do CAD ao longo de suas carreiras. [N. do T.: O tradutor se enquadra nesta turma] Eu trabalhei com um homem que conseguia perceber a diferença entre uma linha de 0,75 e outra de 0,5 pt a 2 metros de distância, e não estou exagerando.

Aprendi, e ainda estou aprendendo, muito com pessoas como Bob!

#18 Não negligencie a próxima geração

Pode soar clichê, mas é importante lembrar que, por mais sabedoria, habilidade e experiência que a geração mais velha possa ter, eles também podem ser um pouco obstinados. São sempre os jovens licenciados que têm o ímpeto e, bem, vamos enfrentá-lo, a ingenuidade, para trazer novas tecnologias, como BIM e Modelagem Paramétrica, para a área de trabalho.

#19 Deixe os novatos cometerem erros

Em algum momento de sua carreira em CAD, é provável que você mude o seu papel, de aluno para professor. Quando isso acontecer, é importante orientar novos usuários, mas não ditar seu avanço. Mostre-lhes como fazer algo, afaste-se e deixe-os cometer erros. Volte depois de um tempo e mostre a eles algumas “opções” para resolver seus problemas.

Se eles pedirem ajuda, dê, mas não fique fungando nos seus pescoços. Você nunca sabe, eles podem encontrar algo que você não sabia sobre você. O que me leva ao meu ponto final:

#20 Você nunca vai parar de aprender

CAD é um mundo em constante evolução. Isso significa que sempre há um novo desafio, uma nova tecnologia e uma nova técnica a ser dominada. Nunca vou fingir que sei tudo o que há para saber sobre CAD, mas certamente posso dar o meu melhor!

E quanto a você?

Adoraria saber há quanto tempo você trabalha com CAD e o que aprendeu no processo. Compartilhe suas histórias nos comentários abaixo.