O mundo está se tornando cada vez mais consciente do eco. Essa conscientização ambiental está pressionando cada vez mais empresas a tentarem ser mais sustentáveis com suas práticas comerciais. Esse esforço para se tornar verde se estende até o design da construção.

O BIM, ou Modelagem de Informações da Construção, oferece uma excelente via para ajudar arquitetos e engenheiros a projetar edifícios mais ecologicamente conscientes. Os projetos de construção projetados em CAD trazem uma série de benefícios, incluindo designs de alta qualidade, legibilidade, alterações fáceis e muito mais. Esses benefícios só aumentam quando se lida com materiais sustentáveis.

Por que BIM e “Going Green” andam juntos

Há uma razão pela qual o design e a construção de edifícios funcionam da maneira que funcionam. As técnicas e materiais mais populares são predominantes porque são econômicos, eficientes e comprovados. O problema é que esses materiais e métodos nem sempre são ecologicamente corretos.

A construção verde é sobre o uso de processos e recursos ambientalmente responsáveis. Trata-se de reduzir os impactos ambientais gerais e otimizar a eficiência. Às vezes, isso significa usar técnicas e materiais que não são comumente usados, e é por isso que CAD e BIM são tão cruciais em projetos ecológicos.

O CAD permite que arquitetos e engenheiros analisem com precisão técnicas e materiais menos comuns. Isso economiza muito tempo, tentativa e erro a longo prazo. Sem o BIM, o uso de recursos e técnicas ecológicos pode ser uma aposta e ninguém quer correr riscos desnecessários.

Métodos e recursos de construção ecológica também podem ser mais caros que as alternativas convencionais, e é por isso que a precisão é importante. A precisão que o CAD oferece, apresenta uma oportunidade fantástica para arquitetos, engenheiros, designers e empresas que usam o CAD para começar a incorporar elementos verdes.

Com o risco mínimo envolvido, não há razão para não ficar verde em seu próximo projeto de construção!

Quais são algumas maneiras de incorporar elementos verdes em seus projetos de CAD? Como você pode incorporar mais elementos verdes em seu próximo design? Aqui vão algumas dicas para você começar:

Dica #1: pense em todo o design

Para que um design verde funcione, ele deve ser uma parte fundamental do planejamento. Você não pode simplesmente criar o projeto como faria normalmente e depois tentar adicionar elementos verdes posteriormente. O design verdadeiramente ecológico começa desde o início. Desde a escolha do local até a seleção de materiais de origem local, até a construção da fundação, cada etapa do processo apresenta opções para tornar um edifício mais consciente do ponto de vista ecológico e eficiente em termos de energia.

Todos os detalhes de um projeto de construção são importantes ao projetar edifícios verdes.

Dica #2: Escolha uma fundação sustentável

Embora a construção da ICF (Formas de concreto isoladas) seja relativamente nova, a ICF apresenta uma opção de enquadramento e fundação ecologicamente consciente e sustentável. A construção da ICF funciona usando formas de concreto isoladas interligadas em vez de estruturas de madeira ou metal padrão. Essas formas oferecem ótima eficiência energética e durabilidade.

Dica #3: faça da luz natural uma prioridade

Quanto mais iluminação natural um edifício possui, menos iluminação artificial será necessária, mas instalar janelas nas paredes voltadas para o norte que vazam calor ou incluir janelas que criam brilho intenso nas telas dos computadores de um escritório é contraproducente. Use modelos CAD e renderização para simular o movimento e a direção do sol para otimizar a luz que entra no edifício e minimizar a perda de calor.

renderização animada
Use simulações para acompanhar o movimento do sol ao longo do dia. Criado usando o Integração BricsCAD Enscape. Crédito de imagem HOK.

Dica #4: Assuntos de isolamento e ventilação

O isolamento e a ventilação afetam diretamente a capacidade de um edifício ser economicamente eficiente. É imperativo projetar com o sistema de ventilação e isolamento em mente. Além disso, quando se trata de isolamento, existem várias alternativas ecológicas às opções de isolamento padrão.

É fácil verificar colisões e interferências nos sistemas de ventilação e fazer alterações inteligentes no design ao usar o CAD.

Dica #5: Pense nos sistemas de gerenciamento de água

Do encanamento ao gerenciamento da água da chuva, o gerenciamento da água deve fazer parte do seu próximo projeto BIM. Existem várias soluções ecológicas, como pavimentos permeáveis e telhados verdes, que podem ajudar a combater o acúmulo de água da chuva. Depois, existem soluções de encanamento, como o uso de acessórios que economizam água, mictórios sem água e muito mais.

Dica #6: Use materiais sustentáveis

Como regra geral, todo material e técnica de construção tem uma opção mais ecológica por aí. Portanto, pesquise todos os materiais e técnicas para garantir que não haja uma opção melhor e mais sustentável por aí. Também é importante considerar os materiais produzidos localmente e que podem ser adquiridos.

Dica #7: pense em durabilidade e longevidade

A durabilidade é importante quando se trata de design ecológico. Quanto mais tempo um edifício ou acessório durar, mais tempo será necessário para que mais obras sejam feitas novamente. Pedras, tijolos e concreto têm sido historicamente utilizados em materiais de construção duráveis e, graças ao aumento da popularidade de coisas como pisos de concreto manchados para interiores, materiais como esses podem ser usados tanto dentro como fora do edifício.

Mas não são apenas os materiais estruturais. Considere como os reparos podem ser gerenciados sem construção em larga escala. Manter um gêmeo digital de qualquer reparo e modificação ajuda futuros contratados a localizar e reparar problemas sem a necessidade de uma investigação em larga escala.

Dica #8: considere soluções de energia renovável

Tornar um edifício autossustentável reduzirá drasticamente os custos operacionais e reduzirá a pegada ecológica geral de um edifício. Use os recursos da paisagem local para sua vantagem, desde energia solar a turbinas eólicas. Selecione a energia que melhor se adapta ao clima para o qual você está construindo.

Dica #9: pense nas opções impressas em 3D

Há uma razão pela qual contadores de superfície sólida são tão populares. Eles são criados em folhas grandes e cortados especificamente para se ajustarem ao seu destino. A impressão 3D permite que você tenha esse mesmo benefício em todos os elementos do design. Assim como os contadores de superfície sólida, qualquer coisa impressa com uma impressora 3D é criada com o destino em mente, o que torna essa tecnologia ecológica e apresenta uma variedade de opções de design mais baratas e com baixo desperdício.

A impressão 3D também pode permitir que você fabrique no local, desde equipamentos e acessórios a edifícios inteiros! tem muitos ótimos exemplos de edifícios impressos em 3D por aí.

impressao 3D

Incorpore elementos verdes em seu próximo projeto CAD

Essas nove dicas devem ajudá-lo a começar a pensar em como incorporar mais elementos verdes ao seu próximo design. Prédios ecológicos exigem um pouco mais de pesquisa e trabalho para dar certo, mas o CAD apresenta a solução perfeita para começar.

Com o CAD, é simples começar a transição para opções mais sustentáveis e ecológicas, sem todos os riscos. Então, “fique verde” e comece a projetar edifícios mais sustentáveis hoje.